Substituindo um único dente

Substituindo um único dente Fonte da imagem: Oral Plan

Um implante dentário é um prótese que substitui um dente perdido. Implantes ósseointegrados podem apoiar dentes protéticos com vários desenhos e funções que normalmente são fabricados para combinar com a cor natural do esmalte de cada paciente, o que oferece uma aparência completamente natural e um sorriso todo novo. Implantes dentários são resistentes e estáveis e permitem que você coma quase qualquer tipo de comida a depender do tipo de restauração. Eles parecem e dão a sensação de ser os seus próprios dentes. Eles lhe devolvem o seu sorriso.

Restauração de um único dente com um implante

Ponte fixa

Um único dente pode ser substituído com uma ponte convencional ou com uma coroa apoiada por um implante. Na dentadura parcial fixa (ponte fixa) o dentista rebaixa dois ou mais dentes adjacentes criando um espaço para as coroas protéticas. Colocar uma ponte sobre dentes naturais aumenta as forças funcionais que agem sobre eles e torna o uso de fio dental mais difícil. Pode ser necessário substituir uma ponte convencional se os dentes de apoio sofrem com cavidades ou doença periodontal. Em certa porcentagem de casos, o preparo dos dentes adjacentes pode levar a perda do nervo requerendo o tratamento do canal da raiz para evitar a infecção do nervo.

Coroa sobre um implante

A substituição de um único dente com um implante evita a necessidade de preparar os dentes adjacentes, restaura o apoio que o dente natural providenciava e permita o uso normal do fio dental. Quando o implante for estável um abutment será conectado e uma impressão que grava o seu contorno será tirada. A coroa pode então ser fabricada e conectada ao abutment usando um parafuso ou cimento. A coroa não sofre de cavidades, mas complicações podem surgir se a higiene oral não for mantida.

Como se inserem os implantes?

Os procedimentos em implantes dentários são executados no consultório do dentista ou às vezes no centro cirúrgico de um hospital. Normalmente, a anestesia local é a mais adequada para este tipo de procedimento ambulatório, mas várias outras formas de sedação podem ser utilizadas como óxido de nitrogênio ou sedação oral venosa. Procedimentos cirúrgicos complementares tais como aumento de osso podem ser executados em separado ou ao mesmo tempo em que os implantes são inseridos. Cada tratamento é único e depende da situação clínica e das preferencias do paciente e do cirurgião.

Qual é a taxa de sucesso global dos implantes dentários?

Apesar de décadas de pesquisas clínicas e científicas, a taxa de sucesso dos implantes dentários não chegou a 100%, mas as taxas melhoraram significantemente desde a introdução do tratamento, e hoje a profissão pode relatar com certo orgulho taxas de sucesso de 90% na maioria dos pacientes. As taxas de sucesso a longo prazo também atingiram 90% e continuam melhorando. Se não houver ósseo-integração a remoção do implante provavelmente seria necessária. Um implante de reposição poderia ser inserido, mas pode requerer alguns meses de cicatrização e até o aumento do osso por meios de enxerto.

Quanto tempo é preciso para a cicatrização de implantes?

O tempo de cicatrização de implantes depende da qualidade do osso do paciente e em casos que requerem procedimentos complementares é frequentemente mais longo. Geralmente, se o implante é protegido das forças de mastigação, a cicatrização do osso requer de dois a quatro meses.

Pesquisas sobre os mecanismos de integração de titânio ao osso contribuírem para melhorar o processo de cicatrização ao ponto de alguns fabricantes anunciaram que os seus produtos requerem um período de cicatrização bastante reduzido e nos últimos anos demonstrarem que, em certas circunstancias controladas, o dentista poderá ‘carregar’ os implantes imediatamente, ou seja, poderá conectar os dentes protéticos no mesmo dia em que insere os implantes. Este processo se torna cada vez mais comum, mas na maioria dos casos um período de cicatrização de dois a quatro meses é necessário antes de finalizar a restauração protética.


Procedimentos Complementares Substituindo vários dentes